domingo, 17 de agosto de 2008

Queijo suíço


Para todos aqueles que já imaginaram a Lua como um queijo suíço, esse post será destinado. Ontem e hoje foram dias cujas conversas foram voltadas à Lua. Aquela do dia anterior ao atual, sofreu um eclipse, e foi lindo. Quase mágico. Essa, da noite que ainda não acabou, resolveu aparecer cheia, voluptuosa, magnífica, amarela e baixa. Tirou suspiros. Ainda que não aconteçam Luas como essas citadas, olhem para o céu, e admirem essa imensa malha.

2 comentários:

Marcelo Martins disse...

E o seu nome é Aline...

segredo de argumentar disse...

pior q não é aline .... queijo suiço lembra a vida como ela tem buracos e não é completa e se transforma com o tempo como a lua que o tmepo passa e tem seu tempo e sua fase naquele certo momento