quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Amendoim


Nada como um "amendoinzinho" de petisco...
Incansável. Enquanto tiver na mesa, não tem como parar. É meio que involuntária a ação da mão ao pratinho.
Atrelado à um bom papo, o amendoim aflora tantas emoções e me faz lembrar de um livro bem bacana: Feliz ano velho. Quanto mais ler, mais vontade se tem de chegar ao fim.
Viciante! Deliciosa história de vida, nos reproduz Marcelo Rubens Paiva.

P.S.: Além de tudo, visto como um bom aperitivo afrodisíaco!

2 comentários:

Aline Ahmad disse...

Também adoro esse livro!
Beijos de luz,
Aline***

Mila disse...

Já li esse livro umas doze vezes (sério). E sempre me emociono.
Vontade de comer brownie toda vez que venho aqui.